Pular para o conteúdo

Workshop de Qualificação de Comunicação Digital reúne 63 voluntários

Com o apoio da comissão ICNet, a CIC e a CIT, evento buscou difundir boas práticas em texto, imagem e marketing digital

Um workshop de comunicação digital realizado nos dias 7 e 8 de maio reuniu 63 participantes de 22 instituições conscienciocêntricas – ICs, colégios invisíveis e comissões. O objetivo foi qualificar voluntários que atuam no setor de comunicação das ICs. O evento é resultado de uma parceria da Comissão Interassistencial de Comunicação – CIC e Comissão Interassistencial de Tecnologia – CIT, ambas ancoradas na UNICIN.

Foto: Acervo CIC

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on print

O evento teve início com uma apresentação sobre os Princípios da Comunicação Conscienciológica pela profa. epicon Mabel Teles, que enfatizou a importância de se priorizar os conteúdos tarísticos e a imassificabilidade dos conteúdos conscienciológicos. A professora, exemplarista em comunicologia, propôs evitações nas divulgações, tais como a comparações inadequadas com outras linhas de conhecimento e o cuidado na utilização e na evocação de termos ou palavras místicas e envilecidas.

Dentro do tema da linguagem conscienciológica adaptada para a divulgação, a professora Denise Paro, jornalista e coordenadora da CIC, ministrou a aula Boas Práticas no Texto/Linguagem e iniciou destacando o texto como via para produção de sentido e suas relações com o conhecimento e memórias do leitor, abordou a utilização adequada da linguagem evitando barateamento e priorizando a utilização de neologismos. Nesta aula, o prof. Thiago Pontes apresentou uma proposta de chapa de texto publicitário para produtos das ICs.

A linguagem visual na Conscienciologia também foi tema do workshop. A profa. Débora Klippel, designer e coordenadora de comunicação da Consecutivus, demonstrou a importância de uma identidade visual como patrimônio intangível das instituições, destacando elementos importantes a serem considerados na criação de logotipo, especialmente a escolha de paleta de cores e tipografia, incentivou a tomada de consciência dos comunicólogos sobre as mensagens que as imagens emitem e o uso consciente delas, evitando fotos e ilustrações apelativas e místicas. 

Foi apresentado um case do curso Interseriexologia, da Consecutivus, demonstrando como o planejamento institucional favorece uma comunicação integrada que auxilia na venda dos produtos institucionais. Outro case foi o da Assinvéxis, em que o prof. Diego Lopes, coordenador da expansão da IC demonstrou a estratégia e os resultados das ações para captação de leads de interessados em saber mais sobre Invexologia e Conscienciologia.

A estratégia e as ferramentas de marketing digital foram o foco da apresentação do prof. Gustavo Pimentel, do colegiado de comunicação do IIPC e voluntário da CIT. Foram apresentadas as principais ferramentas, tais como e-mail marketing, landing pages e tráfego pago e como podem ser organizadas as estratégias funcionais para divulgação e vendas de produtos conscienciológicos. O professor demonstrou como estratégias bem desenhadas podem otimizar o trabalho, sobretudo em ICs com poucos voluntários ativos em áreas de vendas. O prof. Adélio Conter, coordenador do CIT, pontuou que o ICNet está conectado e pronto para utilizar as ferramentas apresentadas.

No feedback do evento, 85% dos participantes deram nota 5 de 5 para o conteúdo apresentado no curso e a maioria pediu novos workshops com aprofundamentos nos temas: texto e linguagem, identidade visual, estratégias e ferramentas. 

Comunicação Digital na CCCI 

A comunicação digital tem sido um vetor de transformação social  e apresenta desafios sociais. Entre os potenciais positivos e negativos, especialistas de diversas áreas procuram compreender os impactos e formas mais adequadas de utilização das novas tecnologias.

Para as Instituições Conscienciocêntricas este panorama também traz desafios. Como utilizar da melhor forma estas ferramentas objetivando acessar e esclarecer intermissivistas? Quais são os princípios pelos quais a comunicação conscienciológica deve se basear para trabalhar neste novo cenário?

O ICNet, plataforma de gestão para ICs desenvolvida por voluntários da CCCI, recebeu em meados de 2021, uma integração com uma plataforma de Marketing Digital. Com esta atualização, surgiu a necessidade de qualificar os voluntários para utilizar esta e outras ferramentas de comunicação.

O LAHAR é uma plataforma de Marketing Digital do tipo all in one, projetada e desenvolvida com foco nas pequenas e médias empresas, por ter as principais ferramentas necessárias para uma boa prática de comunicação em um único sistema. Essa integração será muito importante para as ICs, pois permitirá criar diversas ações e estratégias de maneira mais prática e eficiente, uma vez que os dados de contato dos alunos podem ser acessados em um só ambiente virtual. Com isso, quando um aluno se inscreve em algum curso disponível na Megastore da Conscienciologia, por exemplo, seus dados são enviados para dentro do LAHAR, exclusivamente para a conta da IC proprietária do curso, permitindo uma interação mais rápida e assertiva com esse aluno, inclusive com automações de mensagens de e-mails e SMS. 

Essa integração entre os sistemas, além de trazer ganhos em termos práticos para as áreas de comunicação, traz também mais conformidade com a LGPD (Lei geral de proteção de dados). Exportar e importar planilhas entre sistemas deixou de ser uma necessidade para as ICs que usam o sistema.

A CIC e a CIT já programaram outros workshops temáticos que estão com inscrições abertas:

Foto: Acervo CIC

Para saber mais acesse:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on print

Expediente:

Mais sobre

Em alta