Neida Cardozo apresenta em sua gescon a abordagem evoluciológica da Síndrome da Dispersão Consciencial

Síndrome evidencia sinais de escape do que é prioritário

Na obra Síndrome da Dispersão Consciencial, de Neida Cardozo, lançada no dia 07 de novembro de 2020, a autora apresenta contrapontos com a noção de priorização evolutiva, a partir da observacão das lacunas relacionadas à escrita e do investimento na pesquisa, incluindo os laboratórios no Campus CEAEC, possibilitando ao leitor encontrar o que ele precisa para fazer a própria pesquisa.

 

“A síndrome da dispersão consciencial é o estado nosológico caracterizado pelo conjunto de sinais, sintomas ou traços presentes na manifestação da conscin intermissivista, homem ou mulher, tendente à desorganização, desconcentração mental, perdularismo, desviacionismo, escapismo, subterfúgio e dissipação de esforços quanto à priorização evolutiva” afirma a autora. 

 

 Vale acompanhar os debates durante o lançamento da obra na Editares, esclarecedores de detalhes como a inspiração para a capa, de Ernani Brito, e a exposição da temática em Tertúlia Conscienciológica e no Programa Grafocons da TV Cognópolis.

Síndrome da Dispersão Consciencial (Foto: Epígrafe)

jornaldacognopolis.org © | Todos os direitos reservados.