Pular para o conteúdo

Reabertura das Dinâmicas Parapsíquicas no CEAEC

Histórico, Fechamento e Reabertura

Fechadas desde março de 2020, as Dinâmicas Parapsíquicas do Centro de Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC), voltaram a funcionar normalmente a partir de maio de 2022 e estão abertas a todos os interessados. Em decorrência das medidas protetivas inferidas pelo momento pandêmico, o processo de retorno aconteceu de modo gradativo.

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on print

Em novembro e dezembro de 2021, iniciou-se o processo de retomada das dinâmicas parapsíquicas da Autossustentação Energética, da Energossomática, da Ortopensenidade e mais 2 dinâmicas em ambiente aberto, porém com restrições rigorosas estabelecidas pelo Conselho de Epicons da CCCI. Em janeiro de 2022, ocorreu novo lockdown decretado pela Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu e houve novo cancelamento preventivo das dinâmicas parapsíquicas em funcionamento. 

No dia 7 de abril de 2022, o Conselho de Epicons publicou nota de esclarecimento com orientações para a reabertura das dinâmicas parapsíquicas de todas as Instituições Conscienciocêntricas (ICs), porém ainda com restrições. Além dos procedimentos sanitários adotados, os participantes foram solicitados a colocarem-se como assistentes e focar na sustentação energética do campo interassistencial. 

A Dinâmica Parapsíquica é atividade presencial, começa pontualmente no horário definido e pode ser formada por grupo fixo ou aberto, quando aceita visitantes. Está em vigor desde 15/06/2022, o projeto Passaporte em Dinâmica Parapsíquica do CEAEC, o qual permite ao participante, morador de Foz de Iguaçu e adjacências, frequentar quantas dinâmicas quiser, respeitando os pré-requisitos e as regras de grupo fixo, no período de 12 meses, pagando uma anuidade que pode ser parcelada. 

As inscrições podem ser realizadas na recepção do CEAEC das 09h às 18h. O participante tem a oportunidade de escolher a modalidade: anual, semestral, mensal e avulsa.

A seguir, são listadas informações básicas para a participação:

1.  Entrevista prévia a ser agendada com o monitor, uma só entrevista vale para todas as dinâmicas abertas;

2.  Aos participantes de primeira vez, recomenda-se chegar 30 minutos antes do início para  assinar a lista de presença e receber orientações sobre o funcionamento da dinâmica;

3.  Aos participantes fixos, recomenda-se chegar 20 minutos antes para assinar a lista de presença, tranquilizar-se e relaxar antes de entrar no campo;

4.  A recepção dos participantes, em todas as dinâmicas, encerra-se 10 minutos antes do início das atividades;

Recomendações:

1.  Evitar o uso de produtos perfumados e sapatos de salto alto.

2.  Não participar da dinâmica quando estiver gripado ou apresentar sintomas de qualquer outra doença infectocontagiosa. 

3.  Trazer agasalho e/ou manta, devido à baixa temperatura usar roupa confortável, de preferência branca ou em tons claros.

4. Trazer também água, caneta e caderno pessoal.

5.  O uso de máscaras ainda se mantém necessário durante as dinâmicas.

6. É indicado ao participante dirigir-se aos monitores nas seguintes situações: indisposição, problema de saúde, dúvidas ou dificuldades, antes, durante ou após os experimentos, para que as devidas providências sejam tomadas.

7.  Recomenda-se cuidado evitando fazer barulhos desnecessários, porém, se houver a necessidade de espirrar e/ou tossir, buscar uma forma de abafar o som para não impactar o campo.

Histórico das Dinâmicas Parapsíquicas do CEAEC

A Dinâmica Parapsíquica é uma atividade grupal com o objetivo de desenvolver o autoparapsiquismo lúcido e a interassistência. É realizada semanalmente, em ambiente apropriado, com instalação de campo bioenergético. A primeira aconteceu em março de 2003, no CEAEC, fruto do protagonismo do professor Moacir Gonçalves na condição de precursor, fundador e epicentro consciencial. O professor Moacir deixou a vida intrafísica no dia 30 de março de 2020.

A criação das Dinâmicas Parapsíquicas representa importante legado à humanidade e à para-humanidade, notadamente àqueles que se propõem a investir no desenvolvimento do parapsiquismo lúcido.

Cabe ressaltar a contribuição de todos os colegas voluntários que participaram dos experimentos parapsíquicos chancelando o efeito profícuo e a viabilidade da criação das Dinâmicas Parapsíquicas, em especial da duplista de Moacir Gonçalves, Rosemary Salles, pela intercooperação desde a fundação.

Moacir e Rosemary publicaram em coautoria o livro Dinâmicas Parapsíquicas. Trata-se de uma obra didática para a orientação na criação e sustentabilidade de novas dinâmicas parapsíquicas.

Os benefícios do funcionamento regular das Dinâmicas Parapsíquicas são imensuráveis, com efeitos além do âmbito pessoal e contribuição, entre outras assistências,  para o estabelecimento de projetos na Comunidade Conscienciológica Cosmoética Internacional (CCCI), notadamente na implantação da Cognópolis.

A partir de 2004, houve movimento intenso na Conscienciologia com a mudança para Foz do Iguaçu da Sede Mundial do IIPC, a criação de novas ICs e o afluxo de voluntários vindo de diversas partes do Brasil e do mundo.

Logicamente, além de os novos residentes se estabelecerem profissionalmente, era preciso manter também a sustentabilidade do voluntariado. As Dinâmicas Parapsíquicas potencializaram o senso de grupalidade, a conexão com as equipes de amparadores extrafísicos e a formação de novos professores que assumiram a criação de novas dinâmicas.

Profundas mudanças aconteceram devido à pandemia. Também se percebeu reconfiguração extrafísica diante de maior demanda assistencial.  As equipes extrafísicas, a partir da retomada, têm demonstrado assistência ostensiva a cada participante, proporcionando experiências paradidáticas para a qualificação de assistentes.

Relação das Dinâmicas Parapsíquicas do CEAEC

Acolhimento Interassistencial – Patrícia Pialarissi

Aplicada à Proéxis – Caio Polizel

Arco Voltaico – Leonardo Firmato (reabertura)

Automegaeuforização – Ernani Brito e Fernando Barbaresco

Autossustentação Energética – Fernando Barbaresco e Luiz Gonçalves

Avançada em Bioenergética – Dayane Rossa e Roberto Leimig

Cosmoética – Dulce Daou

Cosmoevoluciologia – Roberto Leimig

Desperticidade – Marina Thomaz e Maximiliano Haymann

Enciclopedismo Reurbanológico – Dulce Daou

Energossomática – Alexander Steiner

Extraterrestrologia – Amin Lascani

Heurística Gesconográfica – Dayane Rossa e Guilherme Kunz

Interassistencial Aplicada à Recexologia – Flávio Buononato

Megafraternologia – Marcelo Silva

Ortopensenidade – Everaldo Bergonzini e Lilian Zolet

Pangrafia – Ernani Brito e Gisele Salles

Projetabilidade Lúcida Interassistencial – Ana Luiza Rezende

Seriexologia – Dayane Rossa, Guilherme Kunz e Pedro Fernandes

Tenepes – Gisele Salles

Foto: CEAEC

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on print

Expediente da matéria:

Mais sobre

Em alta