Pular para o conteúdo

Clima festivo na mudança de gestão do Campus CEAEC

Assembleia para a eleição da nova diretoria teve forte presença da comunidade conscienciológica 

Em clima de festividade, o Centro de Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC) promoveu, no dia 8 de outubro de 2022, a assembleia geral marcando a mudança de gestão do Campus. Na pauta do encontro, a apresentação e aprovação das contas da administração 2020 a 2022, atualizações sobre projetos, inovações, avaliação dos impactos da Pandemia COVID-19 e do Programa Amigos da Enciclopédia e, por último, a eleição dos secretários gerais e demais integrantes da equipe para o triênio 2023 a 2025.

Da esquerda para a direita: Alexandre Steiner, Janer Vilaça, Ana Luiza Rezende e Roberto Leimig (Foto: Rosane Amadori)

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on print

Um auditório lotado participou do momento de mudança de administração, demonstrando na alegria a importância do Campus CEAEC enquanto ponto de encontro dos voluntários da Conscienciologia. Os secretários gerais da gestão agora encerrada, Roberto Leimig e Janer Vilaça, fizeram a apresentação das principais ações realizadas no triênio, marcado, na história do Campus, pelo fechamento dos cursos presenciais, das dinâmicas, Village, laboratórios, Holociclo e Holoteca e até mesmo do refeitório, livraria e café. 

Auditório ficou lotado na assembleia de troca de gestão (Foto: Rosane Amadori)

“Os desafios foram muitos. O principal, sem dúvida, foi a mudança de foco: tínhamos diretrizes muito mais externas, quando assumimos, de fazer parcerias, levar o CEAEC a uma maior conexão com a sociedade, enfim…  Começamos a visitar as outras ICs e instituições, mas tivemos que mudar totalmente o foco”, avaliou Roberto Leimig. “Sabíamos da responsabilidade de gerir o Campus, porém a pandemia tornou tudo bem diferente. Mas, contamos com um grupo de voluntários muito comprometido e, diante das circunstâncias, dá pra dizer que o resultado final foi bem positivo”, reforçou Janer Vilaça. 

Os impactos da Pandemia de Covid-19 não impediram grandes realizações na gestão recém encerrada. Um dos grandes legados foi a conclusão do projeto da Usina Solar, uma iniciativa que concentrou esforços de três gestões anteriores e representa investimento de R$ 661 mil, sendo que R$612 mil foi financiado pela Copel através de projeto de Eficiência Energética. O resultado pode ser conferido já na conta de luz de outubro, uma redução de cerca de 80% em relação ao valor pago no mês anterior.

Outro grande legado no âmbito intrafísico foi a conclusão do projeto de adequação às exigências do Corpo de Bombeiros, com a realização de obras que demandaram investimento de cerca de R$ 400 mil. O alvará de liberação foi expedido dias antes da realização da assembleia.

Além dessas realizações, várias outras melhorias no decorrer da gestão podem ser citadas, algumas delas fundamentais para atravessar o momento pandêmico, tais como o novo site do programa Amigos da Enciclopédia, que ganhou o fôlego de uma nova equipe de voluntários. O programa tem sido, ao longo das gestões, o grande responsável pela manutenção das atividades gratuitas oferecidas pelo Campus.

O passaporte envolvendo a hospedagem no Village também foi uma medida administrativa de suma importância, contribuindo significativamente para a saúde financeira do CEAEC durante o período no qual as atividades presenciais estavam restritas. Nos intervalos do isolamento social, quando a presença controlada de pessoas esteve liberada, o marketing assertivo atraiu pesquisadores ao Campus com o aporte de regras específicas para uso dos laboratórios, pelas quais o pesquisador adquiria o direito de usufruir individualmente do mesmo local de experimento por um período, evitando assim o contato com outras pessoas, reduzindo o risco de contágio pelo vírus da Covid-19.

Ao serem eleitos enquanto única chapa voluntária para assumir a nova gestão, Ana Luiza Rezende e Alexander Steiner foram aprovados e acolhidos com satisfação pelos participantes da assembleia. Ambos reforçaram o desafio de tornar o Campus ainda mais acolhedor (veja abaixo) e destacaram a importância da energia consciencial da CCCI. Junto com os dois novos secretários gerais, um conjunto de voluntários também tomou posse nos diversos comitês integrantes da administração do CEAEC.

Quais foram os principais desafios da gestão 2020/2022:

Da esquerda para a direita: os secretários gerais da gestão 2020/2022 Janer Vilaça e Roberto Leimig (Foto: Rosane Amadori)

"O principal desafio foi vencer a pandemia. O isolamento social mudou algumas coisas, mas tentamos chegar ao que havíamos planejado. O CEAEC tem princípios para os quais foi criado e, por esses princípios, levamos o trabalho adiante. A partir das diretrizes do Campus, foi possível pensar na instituição e dá para apontar alguns êxitos. Conseguimos levar adiante alguns projetos, com ajuda de uma equipe que esteve conosco, sempre presente. E além das questões relativas à administração, tem o aspecto da reciclagem pessoal proporcionado pela função, trazendo ganhos significativos os quais não podem ser desconsiderados."

Janer Vilaça

"Procuramos tirar proveito, mudando o foco para o olhar interno e acabamos identificando uma série de necessidades que precisavam de mudanças. Além de questões estruturais, como a aprovação de adequação pelo Corpo de Bombeiros, a Usina Solar foi um grande desafio, além da reorganização de fluxos internos. Houve fortalecimento das equipes, as pessoas assumiram a corresponsabilidade pela instituição. Recebemos o feedback da equipe sobre o êxito na implementação da mentalidade da responsabilidade compartilhada."

Roberto Leimig

Quais são os principais desafios da gestão 2023/2025:

"No momento atual, o desafio maior é trazer as pessoas para as atividades presenciais. Com o processo pandêmico, muita gente se isolou e, às vezes, o próprio vínculo consciencial fica enfraquecido pela falta de contato. O desafio é acolher, criar um ambiente de acolhimento para as pessoas, para que elas se sintam bem-vindas e motivadas a frequentar, pesquisar e trabalhar no Campus. Estamos retomando 100% das atividades presenciais e é importante fazer as pessoas voltarem a desfrutar das melhorias implementadas pela gestão anterior e, também, aquelas que estamos prevendo para a nova gestão."

Ana Luiza Rezende

"O CEAEC é um local de pesquisa, de práticas multidimensionais, de muita energia imanente, mas junto com tudo isso é um local de encontro. Então, um dos desafios será trazer as pessoas para o Campus: as que conhecem, que venham frequentar e as que não conhecem, que tenham a experiência de desfrutar deste ambiente preparado para ajudar nas reciclagens. Nosso desafio começa com o próprio retomar das atividades presenciais, mas também é fazer do Campus a referência que ele pode ser, para nós que já o conhecemos e frequentamos, e para quem ainda não esteve aqui."

Alexander Steiner
Alexander Steiner e Ana Luiza Rezende assumiram o próximo triênio de administração do Campus (Foto: Rosane Amadori)

Galeria de fotos do evento:

Para saber mais acesse:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on print

Expediente:

Mais sobre

Em alta