Pular para o conteúdo

Especialista em lexicografia Roseli Oliveira publica Dicionário de Ordens

Dicionário consta de abrangente Omnigrafia, totalizando 706 fontes de pesquisas sobre o tema

No dia 06 de novembro de 2021, pela manhã, uma sessão de autógrafos abriu as comemorações do lançamento do Dicionário de Ordens, assinado por Roseli Oliveira e publicado pela Epígrafe Editorial e Gráfica. O evento seguiu com encontro virtual que foi mediado por Ernani Brito e Gisele Salles, com participação especial de Luciana Lavôr, Mabel Teles e Patrícia Barbosa.

Foto: Acervo Epígrafe

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on print

Durante a apresentação, surgiram muitas perguntas e colocações dos convidados presentes e internautas. Foi ressaltada a singularidade da autora pela publicação consecutiva de 2 dicionários em um prazo de aproximadamente 3 anos, considerado pouco tempo para o feito. As obras publicadas foram o Dicionário de Eufemismos da Língua Portuguesa e, agora, o Dicionário de Ordens.

A finalidade deste dicionário temático é expor a informação de maneira clara e objetiva, apresentando verbetes com defininologias, etimologias e exemplologias para esclarecer quaisquer dúvidas. A fim de facultar a compreensão deste Dicionário de Ordens, foram utilizadas várias acepções para a  palavra ordem em  diversos campos. Outro aspecto original da obra  são as 102 frases escolhidas sobre ordem, de diversos autores, a título de curiosidade e reflexão para os leitores interessados.

Para destaque gráfico e mais perfeita legibilidade, encontrarão listas de abreviaturas, siglas e estrangeirismos, com o fim de facilitar as consultas.

O dicionário consta de abrangente omnigrafia, composta de: dicionários, livros, teses, periódicos (revistas, jornais, boletins informativos, caderno de pesquisa), verbetes enciclopédicos, webgrafia, filmografia e videografia, totalizando 706 fontes de pesquisas para a expansão do conhecimento sobre o tema.

Em face a tudo isso, fica claro que essa matriz pensência ímpar, peculiar e singular é a maneira natural da autora de abordar o mundo. Gostar de listagens, números, ordem alfabética e palavras, saber as listagens e palavras “de cor”, tudo isso faz parte de sua raiz seriexológica.

"Atribuo essa raiz seriexológica ao Enumerador devido à facilidade para fazer classificações, enumerações, listagens e ordenações diversas."

Roseli Oliveira

O Dicionário de Ordens surgiu do autodesafio em criar algo novo, de vanguarda, pioneiro e ao mesmo tempo contribuir para a expansão da lexicografia. A  elaboração de dicionários é de grande apreço para a autora, por se tratar de, segundo suas próprias palavras, algo fascinante, atraente, desafiador, empolgante, instigante, motivador, que demanda muita disciplina, organização, detalhismo, dedicação, tempo pesquisístico, foco e continuísmo para se concluir a obra, independente do tema escolhido. 

Fotos: Acervo Epígrafe

Roseli Oliveira revela um pouco sobre os bastidores da obra (relato):

"Uma curiosidade foi em querer saber se havia alguma técnica específica que utilizei para a escrita. Ressaltei a questão da organização como fator preponderante em tudo que faço, otimizando as leituras, pesquisas, digitações, revisões e principalmente o compromisso comigo mesma de escrever todos os dias, em média, de 10 a 14 horas por dia. Essa dinâmica e disciplina explica o curto prazo de 3 anos para a publicação.”

"Outro fator relevante foram os fenômenos parapsíquicos como: clarividências, déjá vu, precognições, projeções e retrocognições vivenciados enquanto escrevia sobre determinados tipos de ordens honoríficas relacionadas à méritos na ciência, educação e esportes, e também retrocognição muito específica com a Ordem Nacional da Legião de Honra criada por Napoleão Bonaparte."

"Em nenhum momento, durante todo o processo da escrita até a publicação, tive contrafluxo nem rechaço sobre algum tipo de ordem, mas sim, em contrapartida uma quebra de preconcepções diante de algumas ordens até então desconhecidas. Alguns tipos de ordens deram uma satisfação maior ao redigi-las, tais como as ordens honoríficas, judiciais e monárquicas.
"

Roseli Oliveira

"A escrita de dicionário amplia e ordena o pensamento devido a catalogação própria da pesquisa e ressalta os atributos da cosmovisão, tornando ímpar porque aprofunda o conhecimento."

Roseli Oliveira

Para saber mais acesse:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on print

Expediente:

Mais sobre

Em alta